#PartiuAgile – Melhorar, melhorar e melhorar. – T01E08

Deming tem uma frase, onde ele fala: “Não é necessário mudar. Sobreviver não é obrigatório“.

Em um contexto de Métodos Ágeis, um time é convidado a refletir como melhorar seu desempenho técnico e de processo de tempos em tempos. No Scrum existem cerimônias que apóiam o processo de reflexão e melhoria, a reunião de revisão com o cliente, e depois a reunião de retrospectiva.

Continuar a ler

Primeiros passos com a PNL? #dwildt101 ep 31

Eduardo Klein, amigo e um profissional que participa de diversas comunidades de tecnologia pergunta:

Que caminhos você sugere para quem quer começar a conhecer e explorar a PNL?

Eu comecei a ter contato com a Programação Neurolinguística (PNL) como estudo em 2007, em um curso que misturou análise de negócios e PNL. Alguns anos depois entrei para a formação clássica com os cursos de practitioner, master e trainer, que finalizei em dezembro de 2013.

Se tivesse que destacar, a PNL me apoia em dois processos: (1) sair do piloto automático e (2) modelar comportamentos de excelência. E tem muito mais.

Continuar a ler

#PartiuAgile – Processos de controle empírico e pilares – T01E03

Neste episódio do #PartiuAgile (temporada 1 – Scrum) vamos falar sobre empirismo e como o Scrum trabalha a construção de conhecimento dentro da equipe.

Também falo sobre os pilares do Scrum, e a parte mais legal de falar sobre transparência, inspeção e adaptação é como isto pode ser aplicado em qualquer contexto de trabalho. Não está restrito a projetos de tecnologia nem em projetos que trabalhem com Scrum.

Continuar a ler

Definindo um propósito?

Quem é você? Qual o objetivo da sua vida? Para saber seu propósito é só pensar nas respostas destas perguntas. 🙂

Brincadeira. Estas perguntas são complexas. Ponto. E pensar a respeito de um propósito, me faz pensar a respeito daquilo que me faz acordar todos os dias. E isto muda. Acordo todo dia, e todo dia é diferente acordar.

Continuar a ler

Uma nova tarefa no meio da iteração planejada. O que fazer? #dwresponde ep. 15

Mais uma edição do Daniel Wildt responde! No episódio 15, pergunta de Vitor Consalter!

Fala Daniel, blz?
Situação é a seguinte: 4 desenvolvedores tocando um sprint de um projeto X. No meio do sprint um “Cliente especial” liga e pede uma alteração em projeto Y. Um dos desenvolvedores deixa o projeto X e começa a tocar o Y. Por muitas vezes esse desenvolvedor não volta para o projeto X até o final do sprint. GP reduz as tasks do kanban e essa redução não tem piores complicações.
Problema: motivação dos outros 3 desenvolvedores vai por água abaixo. Em diversas reuniões de retrospectivas é comentado essa situação e os desenvolvedores comunicam suas insatisfações.
O que fazer? 🙂
Abraços Daniel.
Vitor Consalter

Continuar a ler

Sonhe

Sonhar não custa nada. Será? Quanto custa uma hora sua em algo que não faz sentido? Agora, tenho certeza que se você estiver fazendo que gosta muito, podemos falar que esta hora “não tem preço”.

Ao mesmo tempo que ficamos falando sobre sonhar, também vem a questão que precisamos de espaço para fazer o que sonhamos. Ah Daniel, por isto que são sonhos! Não tem tempo! 🙂

Vamos fazer uma checagem.

Continuar a ler