Conectado com o presente

Tem um vídeo clássico do Bruce Lee onde ele fala algo como “empty your mind”. Várias pessoas que conheci e que me falaram sobre meditação traziam a questão de esvaziar a mente. Perceber a respiração.

Minhas últimas leituras trazem alguma coisa de consistente, que posso resumir em duas palavras:

Continue reading “Conectado com o presente”

Caminhar sozinho

É um caminho longo até o topo. E o problema é que pode ser bem sozinho por lá. Quando a gente vai “subindo”, ganhando responsabilidade e mais responsabilidade, precisamos ter consciência disso.

Ah Daniel, mas trabalhamos em time. Não existe esta coisa de solidão. E aí você se engana. Cada um de nós pode funcionar em time, mas temos uma luta individual, e muitas vezes invisível para os outros.

Continue reading “Caminhar sozinho”

Você tem histórias para contar?

O Gary Vaynerchuk fala muito sobre “não crie, documente”. Vai na questão da gente parar de ficar criando conteúdo e passar a contar o que faz no dia a dia. Se você estuda e pratica um determinado assunto, você vai ser ser capaz de contar não apenas histórias do que você estudou ou viu em vídeo, mas poderá contar o que fez, suas dificuldades de aprendizado e o seu caminho na prática.

Continue reading “Você tem histórias para contar?”

Rejeição x Repulsa

Quando penso em uma das minhas atividades de trabalho,  de capacitar pessoas e ajudar no ganho de consciência,  lembro sempre da conversa do insistir x persistir.

E estava pensando nas palavras rejeição x repulsa. Estas palavras podem ajudar nesse processo de seguir em frente. Ou de entender melhor sobre o que estamos falando.

Continue reading “Rejeição x Repulsa”

Aposentadoria por alívio?

Assistindo um vídeo do Ricardo Semler, ele comentava sobre a transição chegando para trabalhar em uma empresa onde os executivos falavam sobre como ela era “uma grande família“. Problema: ao final da jornada de trabalho essa família realizava “revistas” nas pessoas. Da mesma forma, se tornava presente outras políticas que deixavam visível a falta de confiança entre empresa e seus colaboradores.  Ou simplesmente políticas organizacionais que “são assim porque sim“.

Continue reading “Aposentadoria por alívio?”

Tipos de inovação?

Não sei se a palavra melhor é tipo ou foco ou classificação mas o ponto é que podemos inovar em diferentes perspectivas. Quando olhamos para um produto, para a forma de gerir, para a evolução de tecnologia que acontece ao nosso redor e transborda na nossa vida. O importante é estar conectado com estes diferentes fluxos.

Muitas vezes observar é o suficiente para iniciar um processo de inovação. Um produto pode mudar, simplesmente ao observar o público alvo. Foi o que a IDEO fez com OralB nas escovas de dente para crianças, muitos anos atrás (1996).

Continue reading “Tipos de inovação?”