Nossas pessoas estão ficando enlatadas

O processo de aprendizagem no nosso país precisa melhorar, e olha quem pode ajudar nisso? Você!

De onde veio isso? 

Em uma mesa de café conversando com Graziela e Marcelo, compartilhei frustrações nas minhas incursões e entrevistas com pessoas ligadas na educação de crianças. Nesse meio do caminho cheguei a triste conclusão que a minha filha de 10 anos estava passando pelas mesmas dificuldades e frustrações que eu passei na escola 30 anos antes. Desse desabafo veio o convite de participar do BS Kids, uma ação deles com o Black Sheep Project.

Lá tive a oportunidade de conduzir um painel com o tema “Atenção: nossas pessoas estão ficando enlatadas“. Fiz esse painel junto com Carolina Cesa, Luciano Braga e Rafael Urquhart discutindo como trazer mais escuta, criatividade e fluxo para dentro deste ambiente que é tão tradicional e que precisa de mudanças. 

E deste painel veio a oportunidade de responder algumas perguntas pro Blog Maternar, sobre o tal “enlatamento”. Deixo aqui as perguntas que vieram, e meu texto de resposta, que escrevi durante um vôo Porto Alegre-São Paulo. Qualquer coisa posso dizer que estava viajando quando escrevi isso. 😛

Continue a ler “Nossas pessoas estão ficando enlatadas”

Para lembrar e ter consciência

Máscaras de oxigênio é a metáfora que uso para indicar que primeiro eu, depois os outros. Não é egoísmo. É cuidado. Para estar bem e ajudar os outros, primeiro eu, depois os outros. Assim estarei, quando estiver, dedicado em ajudar/apoiar outras pessoas.

O que mais tenho pra praticar e ter consciência nos próximos meses?

Continue a ler “Para lembrar e ter consciência”

Leia outra vez!

Não sei vocês, mas eu tenho o hábito de ler livros mais de uma vez. Me serve para validar crenças e passar a ter novas visões de conteúdos que já consumi.

Indico aqui títulos que se tornaram necessários no meu dia a dia, antes de iniciar um novo livro. E ah, adicionei na lista, conteúdos dos autores que você pode consumir caso você entenda que os livros / áudios são TL;DR. 😛

Continue a ler “Leia outra vez!”