E as metodologias ágeis ainda são novidade!

É muito interessante estar no mercado de tecnologia em 2014, e ainda ver como as Metodologias Ágeis aparecem como novidade para muitas empresas.

Em 2009 eu dei uma entrevista falando que era já um caminho sem volta, mas muitas empresas ainda buscam ciclos grandes de feedback e se culpam porque a gordura colocada em um projeto não foi suficiente para garantir a entrega do mesmo.

Continuar a ler

A reunião da manhã = melhoria contínua + ritmo!

Seth Godin fala duas coisas que eu acho muito legal! Uma delas é porque perguntar porque? E a outra é sobre a qualidade das nossas perguntas. Nós crescemos e evoluímos e cada vez mais aprendemos a perguntar de forma especializada, sobre como está o tempo hoje. E ao mesmo tempo, aprendemos a fazer perguntas sem comprometimento. Quer dizer, a resposta não vai exigir nenhum foco extra nosso.

Melhoria contínua será um processo muito melhor e simples se aprendermos a fazer perguntas diferentes, além de perguntar sobre o tempo durante a manhã. E se nos comprometermos em fazer nossos dias melhores que os anteriores. Por menor que seja a melhora. Ela acontece, motiva e nos leva a seguir fazendo.

Continuar a ler

Para viver uma grande retrospectiva? Criando um momento para aprendizado e melhoria contínua!

É preciso antes de tudo entender que:

Independente do que descobrirmos, entendemos e acreditamos que todos fizeram o melhor trabalho que poderia ser feito, dado o que era sabido no momento, habilidades, recursos disponíveis e a situação em questão.

Esta é a Primeira Diretiva para retrospectivas. Todos vamos entender que foi feito o melhor trabalho que poderia ser feito. Também entendemos que trabalhamos com profissionais que se dedicam ao que fazem e possuem consciência das suas responsabilidades.

Montei um vídeo para falar do assunto e nele vou comentar sobre seis etapas importantíssimas que devem ser levadas em um exercício de retrospectiva:

Continuar a ler