Caiu uma folha

Caiu uma folha
Gota de saudade
Incerta vertigem
Verte o gelado
frio que acompanha o chão

Caiu uma folha
de braços abertos
Acolhendo o incerto
Encontrou um ousado
aperto de mão

— Daniel Wildt (conheça meu novo projeto de poemas)

Sentido

Meta? Nada sem causa
Motivo enfraquece sem mudança
Não resiste ao nocivo
Vida não tem aditivo

Essa falta de apego
Reflete inércia de ação
Nem preocupa, nem percebe
Quem vive sem esmero

E sendo uma só
presente incerteza
Busca plenitude
de momentos sinceros

Que não é constante
Nem tesouro, nem brilhante
Destino?
Presente do caminho

— Daniel Wildt (conheça meu novo projeto de poemas)