A comunidade pode se distanciar, mas sempre se multiplica!

É interessante como comunidades de prática por vezes se distanciam. Eu reencontro pessoas que atuei por bom tempo em comunidades e muito rapidamente a reconexão acontece e memórias rapidamente nos levam pro que realmente importa.

Atuar em comunidade é um processo onde você nunca está no meio. Quando se atua em um papel de coordenação as pessoas passam por você e contribuem, na medida delas. As pessoas se apresentam e se ausentam, tudo no seu momento. Não existe cobrança. Existe celebrar e agradecer sempre que elas se permitem estar presentes contribuindo e apoiando no crescimento de outras pessoas e no seu próprio crescimento.

Comunidades de prática não acontecem se as comunidades não estiverem em prática. Enquanto as pessoas estiverem atuando, a comunidade resiste. Podem existir comunidades conduzidas assim como podem existir comunidades ligadas com aprendizagem autodirigida.

No fim do dia, o que importa são as pessoas. E sempre lembrar de celebrar quem estiver presente, contribuindo e colaborando.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s