A vida é feita de jogos, mas são apenas jogos.

Para os que jogam o poker, a sensação de fazer um “All In” pode ser eletrizante. Para quem joga basquete, a sensação de arremessar a bola quando falta menos de 1 segundo para acabar o tempo. O gol nos acréscimos. Aquele slide na apresentação mensal que vai permitir destacar alguma ação ou projeto. Todas estas situações podem ter dois resultados: dar certo ou errado.

A vida é feita de jogos. E aí?

Os jogos servem para apoiar os nossos caminhos. Os jogos servem como pequenos projetos. Todo jogo tem início e fim. Um resultado. Todo jogo possui regras e princípios e valores. Todo jogo tem seus riscos. E sempre está do nosso lado escolher os jogos que queremos jogar.

Seja no mundo corporativo, no mundo das startups, na vida social (de terceiro setor), da vida online, na vida esportiva, teremos nossos momentos de altos e baixos, sucessos e fracassos. O que cabe no final do dia ou no final de algum destes momentos? Conseguir refletir, e entender os aprendizados que podemos ter.

Somos quem podemos ser. Então é bom aprendermos a conviver com isto e fazer a única coisa que podemos fazer: sermos hoje melhores do que fomos ontem.

Para terminar, deixo um episódio do Man in the Arena, com a história do Erico Rocha. Bons exemplos de como ele encara um jogo, e os resultados atrelados. Um pouco de como encarar as coisas como um jogo.

— Daniel Wildt (faça parte da minha lista)

One thought on “A vida é feita de jogos, mas são apenas jogos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s