Cópia, inspiração ou remix?

De tempos em tempos existe discussão sobre plágio e sobre pessoas que estão simplesmente copiando conteúdo e ideias de outras pessoas.

Copiar é um problema ou é uma forma de homenagem? 😛

Eu já fiquei muito chateado com cópias de trabalhos meus que identifiquei ao longo da minha vida produzindo conteúdo. Todas vezes o problema que percebi foi justamente por não ver referência da pessoa que copiou sobre a origem do trabalho.

Ao longo do tempo eu fui me tranquilizando com isso. A cópia é rasa muitas vezes e não tem a verdade do longo prazo. Uma hora a pessoa se descobre não conseguindo evoluir com o conteúdo.

Com o uso de licenças estilo creative commons, consigo posicionar como meu trabalho deve ser encarado. Se as pessoas podem usar livremente, se podem modificar, se podem usar comercialmente ou se elas podem usar, mas precisam referenciar a origem do material.

O conteúdo do blog pode ser usado em outros lugares, mas precisa indicar a minha autoria. E não vejo problema algum em referenciar e contar de onde vieram as minhas inspirações.

No caso da música, é bem difícil inventar algo que seja único e inovador. Talvez você tenha uma ideia que parece única, mas ela é uma música ouvida durante suas férias de 2014. Outra opção é você puxar pedaços de músicas, usar como “sample“, criando uma nova música a partir de outras existentes, como um pensamento de inspiração e influência. Todo caso, é de bom tom que você pague direitos para estas participações especiais. 🙂

— Daniel Wildt

Extra: sobre plágios e tal, um mais recente é sobre uma música de Dua Lipa, que foi indicada como plágio por uma outra banda… que não se ligou que a música dessa própria banda também “veio antes“.

Extra 2: sobre remix, só me vem a série de Kirby Ferguson, do vídeo de 2015 e depois do vídeo de 2021, puxando sobre memes e outras formas de cópia (parte1 e parte2).

Extra 3: no empresa mínima viável, podcast que participo como host, fizemos um episódio falando sobre “remix“. Tudo se transforma?

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s