Qual o objetivo de educar?

Formar pessoas para a sociedade? Repassar algum conhecimento “padronizado”, de forma repetida e escalável, facilitando aprendizado em massa? Criar disciplina nas pessoas estudantes, através de horários, trabalhos com prazo e avaliações?

O aprendizado de diversos conteúdos acadêmicos tem elevada importância, não discuto isso, mas o objetivo de uma escola ou de um processo educacional deveria ser sobre a construção de conhecimento, não somente de repasse de conteúdos.

Construção de conhecimento é um processo de socialização. Podemos ter uma situação problema, oportunidades e desafios e restrições. O trabalho de discussão envolve pesquisa e entendimento de diversas fontes de informação como livros, internet, entrevistas com pessoas que por vezes já viveram as situações em questão.

Gerar oportunidades de aprendizagem deveria ser o objetivo primário de toda estrutura acadêmica. O que está sendo aprendido é apenas uma linha de condução, mas algumas habilidades aparecem e podem ser desenvolvidas independente do assunto:

  • Planejamento, capacidade de fatiar e perceber entregas de valor de forma antecipada.
  • Gestão de riscos, saber o que precisa ser perguntado ou entendido antes de avançar.
  • Acompanhamento do trabalho, monitoramento de recursos a serem adquiridos ou entendimento de atividades e pessoas que precisam de ajuda.
  • Melhoria de processos, vendo melhores formas de organizar, preparar e executar o trabalho.
  • Capacidade de Priorizar, entendendo sobre o que precisa de atenção antes.
  • Escrita e documentação, e aqui não falo sobre normas de escrita somente, mas entendimento de como contar uma determinada história.
  • Leitura e interpretação, pensando nas habilidades para entendimento de conteúdos. Resumos, mapas mentais e outras estruturas que podem servir de apoio para outras pessoas.

Todas estas habilidades podemos desenvolver e melhorar ao longo da vida. Certamente conforme o nosso interesse, iremos ganhar conhecimentos técnicos específicos, mas nenhum deles é habilitado ou mais ainda, potencializado, sem a preocupação com estas habilidades que considero “de base”.

No fim do dia, precisamos aprender como aprendemos.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s