O plano para desistir é mais complicado do que o plano para alcançar.

Pense a respeito da sua vida como algo que se atua em modo contínuo. Você pode escolher interromper alguns projetos e iniciar outros.

Para desistir de algum projeto, venho aprendendo que o plano é mais complicado para alcançar. Meu pensamento envolve algumas características que estou considerando para montar o plano de desistir:

  • Quais as piores coisas que podem acontecer ao desistir?
  • A desistência precisa ser avisada quanto tempo antes do real fim?
  • As motivações para desistir se tornaram um “padrão” no funcionamento ou é algo pontual? Desistir de desistir pode ser uma opção, e normalmente exige mais coragem e um fôlego extra, afinal a frustração pode ficar maior ainda do que a atual.
  • Qual é a primeira atividade a ser feita, que faz você ganhar espaço para poder atuar no plano mais completo para desistir.

Não existe nenhum plano pior do que viver uma vida que você não acredita.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Um pensamento sobre “O plano para desistir é mais complicado do que o plano para alcançar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s