Sua liberdade acaba no limite de outra pessoa

Vou lutar pela minha liberdade“, fala a pessoa cheia de privilégios, que nunca teve que lutar pela própria liberdade.

Liberdade começa com você entendendo suas responsabilidades.

(…enquanto conseguimos ver diariamente a crueldade de pessoas sem nenhuma humanidade compartilhando notícias falsas, gerando medo, incerteza e dúvidas em outras pessoas desavisadas, seguimos vivendo momentos de incerteza e medo e dúvidas com a real pandemia que ainda segue em nossa volta. Temos pessoas que ainda não acreditam na mortalidade do vírus e nem na capacidade de prevenção que uma vacina tem sobre desfechos mortais. Pessoas que talvez estejam vivas hoje por seus responsáveis terem escolhido vacinar as tais pessoinhas que se tornaram hoje negacionistas. Vai entender…)

Responsabilidade é algo que você escolhe ter. E até é possível aprender a ter. Pode funcionar como um chamado em certos momentos, quase como uma ação onde você não tem escolha a não ser assumir.

Se você pensa que quando crianças começamos a ter algumas responsabilidades em formato de tarefas “jogadas” pra gente, quanto a organização de quarto ou cuidado com um irmão menor… aquilo parece uma obrigação, mas depois de algum tempo a gente começa a perceber que existem coisas que precisam da nossa atuação e intervenção. Do nosso cuidado.

O fato é que a liberdade começa a funcionar quando a gente assume responsabilidade junto. Só que mesmo que a gente se torne “responsável pelos nossos atos” lembre que somos classificados como seres humanos estranhos. E assim sendo, existe um princípio presente na sociedade atual, onde a sua liberdade existe, mas NUNCA vai ser maior que a liberdade do grupo maior. Da pessoa que está ao seu lado. Dos acordos que você estabeleceu. Sua decisão individual NUNCA vai ser maior que as decisões e acordos que você tem com as pessoas ao seu redor. Quando você escolher “fazer o que der vontade”, saiba que você está violando a sua própria liberdade, quando deixa de levar ela junto com a responsabilidade.

Sigo aprendendo com estas lições que a vida vai me trazendo.

Se você entender esse princípio, vai apoiar na nossa sustentabilidade como sociedade. Das pessoas ao seu redor. Da sua própria vida.

E de quebra, você não vai ser uma pessoa c*zona. Pensa que legal isso.

— Daniel Wildt

Extra: sobre privilégios e limites, entenda os seus.

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

2 pensamentos sobre “Sua liberdade acaba no limite de outra pessoa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s