A vida real já é desafiadora o suficiente. Cuidado com os desafios que você cria por aí.

As coisas que fazemos no nosso dia a dia são o próprio desafio. Por vezes criamos estruturas de apoio para nos ajudar a fazer o que precisamos fazer ou para fazer o que não estamos conseguindo ter cadência para fazer.

Só que é preciso entender que talvez para você já seja desafiador dormir, estudar, fazer duas ou três refeições, manter contato com amizades… o jogo está posto e é real.

No meu contexto, não fazia sentido aprender a escalar montanhas quando não consigo nem estabelecer horas de sono suficientes e ter um pouco de conhecimento do corpo. Acredito que essa habilidade ajuda para não morrer nas montanhas em viagens onde dormir é uma necessidade.

Vamos para algo mais simples. Para aprender a estudar, aprender a cuidar o corpo, leituras, preciso ter algo de estrutura. Não exatamente de rotina, isso não é determinante. Tipo, não preciso estudar todos os dias das 6h até 8h. Preciso ter consistência de tempo de foco para estudar X dias por duas horas seguidas. Esse é o modo que eu funciono, mas pode ser que você funcione diferente, e realmente você precisa ter horas fixas e rotinas mais restritas.

Eu tenho um problema de sempre ficar pensando de forma repetida como vai ser o meu dia seguinte. E eu trabalho para evitar este tipo de pensamento nas noites. Eu deixo a roupa que vou colocar separada, já olhei a previsão de tempo, já olhei a minha agenda e garanto que conheço as primeiras horas do meu dia. São rotinas e estruturas de apoio que criamos, quase que como rituais que criam calma.

E sobre as formas de apoio para os desafios, podemos ter algumas. Desafios de 100 dias para X, pensar em projetos paralelos, cursos, certificados e outras histórias. Tudo é um formato ou formas de fazer um determinado movimento acontecer.

Hoje eu escrevo por uma necessidade de expressão. Por muito tempo era algo que precisava me esforçar para fazer. Por muito outro tempo era algo que eu ficava criando regras ou coisas que me faziam escrever de forma forçada por X dias. Coloquei em risco uma vontade que tinha de escrever por me empurrar para uma estrutura que não ajudava meu tempo.

Entender mais do seu sistema, criar tempo livre para poder pensar e refletir. Tudo isso faz parte. Quando você está com muita coisa para fazer, a minha resposta é sempre a mesma: faça menos. Crie espaço para pensar, visualizar e refletir.

Você pode criar desafios e competições. Faça questão de adicionar uma pergunta: estes processos estão ajudando a tornar as suas necessidades mais fáceis de serem atendidas? Ou estão apenas escondendo os problemas que você precisa resolver de verdade?

Quais rituais podem realmente apoiar o seu processo diário?

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s