Aprendizagem autodirigida deveria ser praticada desde cedo. Ou é… e a gente desaprende?

A curiosidade nasce conosco. A cada nova descoberta, a cada novo músculo ativado, a cada nova conexão e reflexão que se estabelece, estamos aprendendo. Estamos nos direcionando. Quando começamos a tentar fazer algo e persistimos, um desafio é criado internamente.

Só que conforme crescemos, podemos começar a pesar mais o que as pessoas pensam a respeito das nossas ações (que em muitos casos nem aconteceram ainda).

E aí?

Eu me lembro quando comecei a jogar videogames. Quando aprendi a me movimentar no skate. Quando aprendi sobre basquete. Quando aprendi a nadar. Quando aprendi sobre bateria. O aprendizado verdadeiro começou quando eu falhei fortemente em todas estas atividades. Na frustração veio a vontade de seguir, conseguir e ir além.

Nem sempre é assim, e não é assim para todo e qualquer assunto.

Mas quando você “clicar” em um assunto, em uma atividade, um desafio, aproveite cada momento. Explore, crie, estabeleça o seu processo. Eu aprendi que funciono com projetos e alguns jogos que me ajudam a manter cadência. Funciono me hackeando no “pelo menos“.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s