Abundante?

Todo sistema pede equilíbrio. Se conseguimos isso, temos abundância, tem pra todo mundo. Agora… abundância não é dada de graça… deve ser construída e mantida. Isso envolver manter o sistema abundante. Isso envolve manter o sistema. Garantir que os recursos necessários existem.

Liberdade é abundante?
Liberdade é construída junto de limites e consciência de responsabilidade.
E isso garante abundância de liberdade para muitas pessoas.

Muitos modelos de funcionamento causam a geração de escassez. Vagas limitadas, desconto até o dia tal, parcele em até 24x! O fato é que existem uma série de gatilhos mentais que podem gerar diversos sentimentos. Poderiam ser boas sensações, mas normalmente a busca é para urgência ou atingir alguma necessidade oculta. Ansiedade, medo, aquele pensamento sobre o que as outras pessoas vão pensar se você não tomar ação. FOMO.

Já notou que eu não curto muito escassez né?

Dá para funcionar em abundância lançando projetos? Como seria esse jogo?

Busco fazer ações e projetos que funcionem com abundância, mas tudo é percepção. Exemplo, montei uma campanha de crowdfunding que tem um período de arrecadação que passa por três inícios de mês. Um dos objetivos de fazer isso é garantir que as pessoas podem apoiar assim que tiverem valores financeiros disponível. Usei uma suposição de que as pessoas passam pelos ciclos de fim de mês / início de mês para ter acesso a valores financeiros. Ainda assim, tem uma escassez em relação ao tempo máximo de campanha, mas esse limite tem mais relação para que eu possa “iniciar” o trabalho de produção das recompensas e do projeto.

Para tentar atingir melhor este objetivo de abundância, tenho uma campanha contínua de apoio, tanto em português como em inglês, e nestas campanhas opero no modelo de venha quando fizer sentido, saia quando deixar de fazer sentido.

Fora os projetos, tenho alguns canais onde compartilho conteúdos de forma aberta, pelo youtube, pelo blog ou podcast por exemplo.

O que está presente na abundância?

Que sempre vai ter para todo mundo. Se você consumir sem controle, vai acabar com determinado recurso. E assim não vai existir nem para você, nem pra ninguém. Ainda pensando em abundância, não confunda com ter em excesso. Você vai consumir o que precisa. Assim mantém o sistema fluindo.

Excedente é aquilo que você não precisa. Algo que uma aplicação de 5S (separar, organizar, padronizar e assim vai) ou alguma técnica como KonMarie ou Minimalismo ajudaria a resolver. (nota mental: fazer conteúdos específicos sobre estes tópicos — me aguardem 😛)

Se tem excedente, tudo tranquilo, hora de devolver, certo?

E de aprender a funcionar diferente. Se você está pensando em devolver, é porque pegou mais do que precisava.

Um dos jogos é aprender a compartilhar durante a jornada, não somente depois de ter consumido e terminado com todos recursos que precisava e deixar pessoas na escassez. Para manter o sistema, mantenha o fluxo. Quando você receber, pague adiante. Ajude quem vem depois a fazer o que precisa ser feito melhor do que você vem fazendo.

Pensar em devolver é um pensamento de escassez. Potencializar e pagar adiante são formas de movimentar uma comunidade e entregar valor. De forma abundante.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s