Parar e respirar

Quando eu estou agitado pensando em 5 coisas que poderia fazer, costumo ir por dois caminhos:

  1. listar
  2. respirar

Estes caminhos tem reações diferentes e estava refletindo como o respirar tem me ajudado mais.

O listar me faz entender tudo o que gostaria de estar fazendo e não estou fazendo. Tira uma ansiedade mas ao mesmo tempo é como ir no supermercado com fome. Acabo adicionando coisas que não precisaria trazer neste momento.

O respirar causa outro efeito. O fato de fazer pequenas pausas, com 3 respiros longos ou 2-3 minutos parado prestando atenção na minha respiração me ajudam a simplesmente entender o que é o mais importante a ser feito agora.

O respirar puxa um que de necessidades. Acaba que muitas vezes termino esse exercício e escolho não fazer nada do que estava me incomodando. Por vezes vejo que precisava somente de um café. Por vezes entendo que precisava fazer apenas uma coisa.

Pequenas pausas são importantes. O fazer nada é importante.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s