A importância das filas e da variabilidade

Nenhum sistema consegue funcionar com 100% de utilização. De uma forma ou de outra, procuramos uma cadência para funcionar e gerir nossas equipes de trabalho.

Uma das grandes descobertas que tive no aprendizado e prática de metodologias ágeis, foi a importância de minimizar a variabilidade das atividades que executamos. Ao invés de permitir que o sistema tenha atividades de 5 horas e outras de 40 horas, procuramos de alguma forma mais estabilidade.

Ao fazer isto, começamos a fazer mais quebra das atividades maiores, mas o impacto no time não é simplesmente aumento de atividade de análise para garantir a quebra, mas a baixa significativa da complexidade e do risco que acabava indo junto com o planejamento.

O grande jogo de minimizar o tamanho das atividades é com isto minimizar a variabilidade das atividades e encontrar neste processo cadência.

Para ajudar nesta discussão, aconselho demais a aula gratuita do Alisson Vale sobre este assunto, no Software Zen.

Deixe no comentário aí desafios que você enfrenta com o seu time no processo de aprendizado em virtude de grandes esperas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s