Deixa fluir

Tudo que impede fluxo é ruim. Uma excelente forma de perceber isso é ter uma clareza visual de que o trabalho não está andando.

Se um item demora muito para ser concluído ou se muita coisa fica parada esperando respostas que não chegam nunca, temos problemas. Estes problemas indicam tarefas grandes demais, que podem ainda ser carregadas de incertezas. E talvez um processo de falta de autonomia ou falta de gestão de conhecimento. 

Todo fluxo organizado em um kanban pede limites, pede representação da realidade, pede visualização e pede políticas. E as políticas são na minha opinião a parte mais importante. As políticas emergem dos aprendizados. Os aprendizados acontecem com a prática do dia a dia, tentando fazer o trabalho acontecer. Todos problemas se resumem em saber: 

  • Quando precisamos reabastecer?
  • Como sei qual é a próxima tarefa?
  • Onde posso apoiar? 
  • Onde estou agora? 

O trabalho com o fluxo busca trazer calma, tranquilidade e permitir que uma equipe consiga encontrar uma linguagem de comunicação baseada na experimentação, na melhoria contínua e em acordos. 

— Daniel Wildt

P.S.: Fiz um material relacionado sobre espera também, disponível para download no slideshare.

Fluxo contínuo. Como se faz a transição a partir de iterações? #dwildt101 ep 34

Fluxo contínuo. Pensamento Lean. E veio em conversa pelo twitter uma pergunta do Walmyr Filho:

Falar sobre Fluxo contínuo, sobre quando um time sai de iterações (scrum) e passa a fazer uso de entregas com fluxo, leadtime / takttime, uso de kanban – Walmyr Filho

Continue a ler “Fluxo contínuo. Como se faz a transição a partir de iterações? #dwildt101 ep 34”