Aposentadoria por alívio?

Assistindo um vídeo do Ricardo Semler, ele comentava sobre a transição chegando para trabalhar em uma empresa onde os executivos falavam sobre como ela era “uma grande família“. Problema: ao final da jornada de trabalho essa família realizava “revistas” nas pessoas. Da mesma forma, se tornava presente outras políticas que deixavam visível a falta de confiança entre empresa e seus colaboradores.  Ou simplesmente políticas organizacionais que “são assim porque sim“.


Da mesma forma, Semler ao questionar executivos sobre felicidade no trabalho, recebia de muitos justificativas… pelos anos que “faltavam” para a aposentadoria. Eu já vi e ouvi amigos dizerem que já cumpriram X anos da sua pena, indicando o tempo que já tinham trabalhado e fazendo referência ao tempo que precisavam ainda para se aposentar.

Continuar a ler